Formar especialistas que atuem direta ou indiretamente nas escolas e instituições ligadas a Educação. Capazes de ações educativas inclusivas, novas formas de gestão das diferenças, práticas inovadoras e criativas, visando a relação sujeito e saber em ambiente heterogêneo.

  • Grey icon

    Diferenciais: Estudo de caso – alguns casos escolares de inclusão, trazidos pelos alunos, serão supervisionados, acompanhados e discutidos por especialistas docentes em diversas ocasiões durante o curso. O curso terá profissionais especialistas em diversos temas sobre as diferenças: deficiências e altas habilidades.Diálogos com vários campos do conhecimento: psicanálise, medicina, antropologia, antroposofia entre outros.

  • Grey icon

    Público-Alvo: Profissionais graduados e pós-graduados (de qualquer área) que tenham interesse em atuar no campo da Educação Inclusiva. Professores, gestores e coordenadores de escolas (Ed Infantil, EF1, EF2 e EM), psicopedagogos, psicólogos, assistentes sociais, acompanhantes terapêuticos e pedagógicos que tenham interesse nas discussões sobre heterogeneidade, práticas inclusivas e gestão das diferenças na escola e em espaços educativos. Docentes e pesquisadores.